Sobre o tempo

Tá um calor da porra, hein? Já devo estar na lista negra do Greenpeace tamanha a quantidade de água que eu já gastei pra tentar me refrescar. Menos mal que não gastei energia, pois mesmo o chuveiro desligado a água ainda esquenta.

Mas não é bem esse tipo de tempo que vim dialogar sobre nesse espaço, tô falando do TEMPO: como nas horas, segundos e, principalmente, o sagrado tempo reservado pra não se fazer nada.

Mas é foda pois eu quero fazer coisas úteis com o meu tempo. Mas por que eu nunca consigo fazer nada? Vejamos…

  • Tempo livre (X)
  • Coisas pra fazer (X)

Hm… ok, então onde estou errando?

Internerd

gatim bonitim quer mais internets
Cidadão comum das internets

Extremo consumidor de tempo. Eu diria que 80% do meu tempo gasto com as internets é totalmente inútil. Esperar tuits novos e dar F5 nos fóruns online não é exatamente uma ocupação interessante, ainda mais quando nada de relevante acontece.

Possível solução: Não tem muito o que falar né, power-off nessa porra. Só calma ai que eu tenho que terminar de escrever esse texto (e você de ler isso).

Prioridades

marcando uma checklist Estabelecer prioridades é uma boa

Ver as video-cassetadas no Faustão pela 300x pode não ser tão importante quanto estudar pra prova de semana que vem, assim como olhar pro teto talvez não seja a melhor alternativa quando se poderia estar vendo aquele filme que tu baixou há 2 semanas e ainda não assistiu.

Possível solução: Não pensar no amanhã, tempo livre é traiçoeiro pois tu sempre acha que terá tempo suficiente depois. Não deixe pra confiar no você do futuro, ele não é um cara legal.

Iniciativa

botãozinho de start do DS Press Start

O começo é sempre a pior parte. Começar a ler um livro? Mas tem 800 páginas… Que tal jogar um videogame? Maldito RPG japonês de 50 horas…

Possível solução:  Comece. Parece meio idiota (e é) mas quando você terminar você vai saber porque começou naquele dia.

Bem, tô escrevendo esse texto mas eu mesmo não sigo essas dicas tão bem quanto eu queria. Mas a parte do reconhecimento eu já tenho, então agora vamo trabalhar em cima disso. Ah, no lento desenvolvimento desse texto (em que dividi minha atenção com outras coisas e tudo mais) tomei uns 4 banhos. Tá foda esse calor.

Anúncios
Esse post foi publicado em Vida e marcado , . Guardar link permanente.

2 respostas para Sobre o tempo

  1. guilherme rdein disse:

    você é gay /brinks

    (foi mal tirar a virgindade do seu blog assim)

  2. Estarei por aqui.
    Abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s